search icon
Comunicados de Imprensa

Sage impulsiona a digitalização de 50.000 empresas

O programa Comércio Digital da ACEPI pretende mobilizar micro e PME para a digitalização dos seus negócios

04 fevereiro 2019

A Sage, líder de mercado em soluções de gestão empresarial na Cloud, uniu-se à ACEPI (Associação da Economia Digital) com o objetivo de apoiar a transformação digital das empresas nacionais. Para esse objetivo, foi criado um voucher gratuito para micro, pequenas e médias empresas, que inclui a oferta de uma ferramenta de construção e alojamento de site, caixas de correio eletrónico e domínio registado.

A Sage, enquanto parceira deste projeto, é a software house que irá disponibilizar as soluções de faturação que melhor se adequem a cada negócio.

O programa de Comércio Digital da ACEPI pretende, durante dois anos que as empresas adotem uma presença digital, que incorporem tecnologia nos seus modelos de negócio e que promovam internamente a desmaterialização de processos com os clientes e fornecedores. No âmbito deste programa, as organizações poderão colocar os seus negócios mais próximos do futuro, captando novos clientes, alcançando novos mercados internacionais e nacionais e otimizando os processos da organização.

Com vista a uma divulgação mais próxima das empresas, a ACEPI e as entidades envolvidas vão promover 150 sessões de apresentação durante os 2 anos, que irão ter lugar em associações empresarias de norte a sul do país.

A primeira sessão do roadshow, decorre já dia 6 de fevereiro às 09h30, em Leiria, no Teatro Miguel Franco.

Isália Barata, Diretora de Marketing da Sage, refere que: “Na Sage acreditamos no potencial que a digitalização traz ao negócio e o nosso compromisso é esse mesmo, apoiar as empresas portuguesas com ferramentas que as façam crescer, prosperar e vingar no mercado. Esta parceria com a ACEPI é mais um passo nesse sentido – a digitalização é já inevitável, é um caminho natural, mas muitas empresas precisam de suporte para o conseguirem, nomeadamente as de menor dimensão. Queremos que tenham a possibilidade de adquirir uma solução Cloud ou até mesmo Cloud Connected que se adeque de facto às necessidades reais do negócio e aos seus objetivos de crescimento, seja em Portugal seja em qualquer lado, pois esse é o grande benefício do comércio eletrónico.”