Inscreva-se

Inscreva-se

Modelo de plano de negócios para lojas e empresas de retalho

Back to search results

Logotipo do Sage Advice
Sage AdviceConhecimento para Empresas de Sucesso
Receba a Newsletter Sage AdviceSubscrever

 

O comércio eletrónico pode estar em alta, mas lançar e gerir com sucesso uma loja ou uma empresa de retalho com presença física continua a ser o objetivo de vida de muitos. Se está a pensar concretizar esse sonho, redigir um plano de negócios minucioso deverá estar entre as suas prioridades – e explicamos porquê.

O que é um plano de negócios?

O seu plano de negócios é essencialmente o plano estratégico da sua empresa. Explica qual é a sua ideia de negócio e estabelece os seus objetivos e a forma como espera alcançá-los, ao mesmo tempo que tem em conta o ambiente em que opera.

Geralmente, é o primeiro passo no lançamento do seu negócio e pode ser utilizado para conseguir investidores, subsídios, empréstimos ou outro financiamento para a sua empresa, antes de abrir as portas da loja.

Outra coisa que pode ajudar no planeamento é uma Ferramenta de Gestão do Plano de Negócios. É uma ferramenta útil para o ajudar a criar o seu plano de negócios.

Será que as lojas independentes precisam realmente de um plano de negócios?

A resposta é sim. É óbvio que é possível ser bem-sucedido com uma boa ideia e alguma sorte, mas é mais provável que seja bem-sucedido com um plano de negócios sólido que o ajude a orientar o processo de tomada de decisões. A pesquisa envolvida também o ajudará a perceber se os seus produtos ou serviços são financeiramente viáveis e se respondem à procura, antes do lançamento. Há três fatores que devem fazer parte do processo de planeamento de um negócio:

  1. Localização, localização, localização

Para as lojas e as empresas de retalho, quer planeie abrir uma mercearia local ou uma boutique exclusiva, um dos aspetos mais importantes do seu modelo de negócios é a localização. Criar um plano vai encorajá-lo a pensar sobre a localização mais viável para um negócio de sucesso, bem como sobre as respetivas implicações financeiras.

  1. Clientes

Para criar o seu plano de negócios, terá de fazer uma pesquisa sobre os potenciais clientes. Documentar quem são, como se comportam e as circunstâncias em que farão compras na sua loja, irá ajudá-lo a definir o stock de que precisa e a forma mais eficaz de promover a sua loja junto dos consumidores.

  1. Modelo de pricing

Uma parte importante de qualquer plano de negócios são os dados financeiros. Como parte do processo de planeamento, deverá fazer uma pesquisa detalhada sobre a potencial concorrência e os preços que esta pratica, bem como sobre todas as despesas que a gestão do negócio implicará. Isso ajudá-lo-á a estabelecer os preços que cobrará pelos produtos que vender.

Quais são os outros benefícios de ter um plano de negócios?

  • O plano agrada aos potenciais parceiros, investidores, credores e outros órgãos financiadores, e se quiser candidatar-se a um empréstimo bancário, é provável que lhe exijam um.
  • O plano ajuda-o a definir qual será a sua proposta de venda única, a identificar ameaças e desafios e a encontrar soluções e estratégias para enfrentar os problemas.
  • Ajudá-lo-á a definir objetivos SMART (específicos, mensuráveis, realizáveis, pertinentes e datados) de curto e longo prazo, tais como lançar um novo site na Internet em três meses ou abrir uma segunda loja no terceiro ano de atividade.
  • Pode usar o plano como referência para o seu desempenho, ao comparar os resultados e as conquistas da sua empresa com os objetivos definidos no plano.

Se quiser reforçar as hipóteses de o seu negócio ser bem-sucedido, vale a pena ter um plano de negócios.

Como redigir um plano de negócios para a sua loja

O seu plano de negócios não tem de ser um documento aborrecido. Dado que alguns investidores decidem atribuir financiamento a empresas em fase de arranque e a empresas estabelecidas com base tanto nas pessoas como no negócio em si, o seu plano deverá demonstrar a sua paixão e personalidade.

No entanto, alguns órgãos ou indivíduos que podem disponibilizar financiamento, estarão à espera que inclua alguma informação específica:

  • Resumo
  • Visão geral do negócio
  • Objetivos
  • Público e mercado
  • Produtos e serviços
  • Pessoas
  • Situação financeira

Como já vimos, o seu plano de negócios será importante para conseguir gerir uma loja rentável, o que é mais uma razão para garantir que a sua abordagem é minuciosa:

Seja realista

É pouco provável que o negócio seja imediatamente rentável e as vendas podem demonstrar um crescimento sustentado e não um enorme pico. Se o seu plano incluir valores que parecem irrealistas, deverá justificá-los.

A precisão é fundamental

Como o seu plano de negócios o vai ajudar a tomar decisões, é importante que a informação em que baseia essas decisões seja correta. Verifique tudo duas vezes. Encontrará aqui bons conselhos sobre como definir valores mais precisos no seu plano de negócios.

Seja conciso

O seu plano será usado na gestão do seu negócio e será potencialmente partilhado com outros, pelo é importante que evite rodeios. Pode sempre incluir anexos com informação complementar.

Precisa de ajuda com o seu plano de negócios para lojas e empresas de retalho?

O seu contabilista deverá ser capaz de lhe dar dicas e ideias, ou pergunte no seu banco se há um consultor para pequenas empresas com quem possa falar. Se está pronto para começar a pesquisar e a escrever, porque não utilizar um modelo disponível online?

O seu plano deverá evoluir com a sua empresa, por isso deve visitá-lo e atualizá-lo regularmente. Boa sorte!