Inscreva-se

Inscreva-se

Como ter alta performance e criar valor

RH e Liderança

Como ter alta performance e criar valor

Quer as organizações, quer os seus profissionais têm como objetivo final serem úteis, rentáveis e sustentáveis! Isto consegue-se trabalhando características que levam a alta performance.

Os primeiros, as organizações, querem ser úteis de modo que os seus clientes comprem e continuem a comprar os seus serviços, a valores rentáveis que permitam a organização tornar-se sustentável a longo prazo. Os segundos, os profissionais, querem ser úteis de modo que a organização queira pagar pelas suas competências ou habilidades (capacidade intelectual ou força de trabalho) a valores que permitam viver uma vida confortável e sustentável a longo prazo.

As organizações, sejam grandes, médias ou pequenas, são constituídas por pessoas. E são as pessoas que definem a visão, a missão, a estratégia, a operação e as políticas de trabalho ou a forma de trabalhar, em suma como desenham e entregam valor para o cliente final.

“Our goals can only be reached through the vehicle of a plan.

There is no other route to success.”

Pablo Picasso – Pintor

Todos têm responsabilidade no processo, todos devem ter os seus papéis definidos e trabalhar para os objetivos traçados. A comunicação, a clara definição de papéis e competências mínimas para desempenhar os cargos ajudam a alcançar níveis de performance individual e organizacionais elevados. No entanto, é lugar-comum, nas organizações, escutar colaboradores e líderes em dissonância:

Por vezes ouvimos os colaboradores a falar sobre o futuro da organização da seguinte forma: “Isto não vai resultar, estamos atolados em questões políticas, quando formos para o mercado será tarde demais. Os nossos líderes nunca lideram, não faz parte da sua essência!”

As pessoas vivem cada momento como se estivesse predestinado a acontecer e não conseguissem influenciar e ajudar os destinos da organização.

Em contrapartida, ouvimos líderes com um discurso semelhante: “As pessoas nesta organização não querem e nunca vão querer saber. Convidamo-los a darem ideias e nunca trazem nada efetivamente bom. Não temos recursos financeiros para contratar especialistas no mercado, na melhor das hipóteses os nossos colaboradores serão sempre uma segunda escolha. Vamos continuar a fazer o melhor que pudermos, mas assim a organização não vai ter sucesso.”

A este tipo de pensamento chamamos de futuro por defeito, lideres e colaboradores têm na sua cabeça um futuro pré-definido, por vezes, muitas vezes, esse futuro molda o nosso comportamento e não permite que possamos criar valor a partir de perspetivas diferentes.

Para criar este tipo de pensamento e de cultura é necessário partir do ponto em que se está e semear as competências e características que permitem desenvolver uma cultura de comunicação, criação de valor e performance.

Seja ao nível das organizações, das lideranças ou dos colaboradores, a cultura de entregar valor e performance tem de ser desenvolvida e passa criar os seguintes hábitos:

  • Definir metas e objetivos progressivos
  • Planear para cumprir metas e objetivos
  • Priorize e faça o importante primeiro para criar valor
  • Ser focado para entregar o que é necessário
  • Gerir o tempo e evitar o desperdício para entregar mais e melhor
  • Fazer retrospetivas e pedir feedback para ser melhor
  • Continue a estudar e a melhorar no que faz para ser perito na sua área
  • Seja consistente e previsível para criar confiança

“Stop Starting, Start Finishing”

Lean-Kanban University

  1. Definir objetivos e metas (progressivos)

Com objetivos e metas definidos sabemos onde queremos chegar e o que pretendemos atingir, se não existirem objetivos andamos ao sabor do vento. Este é o primeiro passo para criar foco, determinação e motivação. Os objetivos não podem ser demasiado fáceis, nem extremamente difíceis sob pena de retirarem a motivação, têm de ser desafiadores e inspiradores!

Nota: Os objetivos têm e devem ser SMART: Specific (específicos), Measurable (mesuráveis), Achievable (alcançáveis), Relevant (relevantes) e Timely/Time bound (oportunos/prazo determinado)

Devem-se criar objetivos pequenos que permitam chegar aos objetivos maiores assim consegue-se ter um sentimento de entrega, utilidade e finalização.

  1. Planear para cumprir metas e objetivos

Depois de traçar os objetivos, saber o que se quer alcançar e para onde se quer ir, o passo seguinte passa por criar um plano para atingir os objetivos. Como vamos lá chegar, o que precisamos de fazer, quem temos de ter ao nosso lado, que recursos são necessários (físicos, humanos, financeiros), quais são as dependências entre atividades. Todas as organizações e pessoas tem de planear sob pena de terem demasiadas atividades iniciadas e poucas terminadas e deste modo não conseguem entregar e criar valor.

Nota: quando criar um plano, não se esqueça de deixar tempo livre para: imprevistos e desenvolvimento pessoal e melhoria contínua.

  1. Priorize e faça o importante primeiro para criar valor

Quando se faz um plano temos de priorizar as atividades e definir o que é mais importante, o que traz mais valor. É importante não ceder à tentação de fazer as atividades mais fáceis primeiro e deixar as mais difíceis para o fim.

Nota: semanalmente invista 20 min do seu tempo para priorizar as suas atividades

  1. Ser focado para entregar o que é necessário

As atividades devem-se iniciar e finalizar, só após o seu término se deve iniciar outra atividade. Atuar desta forma permite aumentar o foco e evitar a dispersão e perda de tempo. Quando se passa de uma tarefa para outra é habitual perde-se tempo para reenquadrar no tema. Quando se inicia muitas tarefas ao mesmo tempo, pode-se sentir paralisado sem saber o que fazer primeiro.

Nota: quando sentir que tem demasiadas tarefas em simultâneo e que está atrasado para entregar valor. Pare! Escolha uma atividade qualquer (não se perca em prioridades) e termine-a, após o término inicie outra, faça isso sucessivamente. Faça uma tarefa de cada vez.

  1. Gerir o tempo e evitar o desperdício para entregar mais e melhor

Todos os momentos do dia são importantes, o tempo é precioso, selecione com cuidado onde despender o seu tempo. Prepare-se para as suas reuniões de modo a ser assertivo e rápido. Cumpra os horários estipulados, mesmo que não termine as reuniões e tenha de marcar uma nova sessão de trabalho. Tenha atenção às notificações e mensagens do seu telefone, verifique o email pontualmente, tente fazer as chamadas telefónicas seguidas.

Nota: faça o exercício de identificar quais são os estímulos externos que o fazem perder tempo e foco, crie estratégias para reduzir esses estímulos.

  1. Fazer retrospetivas e pedir feedback para ser melhor

Uma das atividades mais importantes que as pessoas de alta performance têm é pedir e trabalhar o feedback dos seus clientes, companheiros e lideres. Crie momentos, quinzenais ou mensais, onde identifica o que fez bem, o que pode melhorar e o que pode fazer de novo. Estes momentos são reveladores e permitem evoluir. Pedir feedback é um momento importante uma vez que recebemos informação sobre o trabalho desenvolvido e trabalhamos para melhorar.

Nota: Diferentes perspetivas sobre o trabalho que desenvolvemos permitem criar soluções e serviços mais robustos de acordo com as necessidades dos clientes.

  1. Continue a estudar e a melhorar no que faz para ser perito na sua área

“Só sei que nada sei” este é o mote de qualquer profissional de alta performance, continuar a sua formação, dia após dia, mês após mês e ano após ano. A especialização e experiencia continua cria competência e saber fazer.

Nota: Quanto mais conhece um tema, maior é o seu grau de preparação para fazer um bom trabalho. Leia livros, veja vídeos, pesquise os temas na internet, fale com especialista, assista a workshops e seminários, faça formações ou tire cursos académicos.

  1. Seja consistente e previsível para criar confiança

Seja consistente, quando faz uma coisa faça-a sempre da mesma maneira, quando disser algo, cumpra o diz. Pratique o que transmite aos outros. Assim, cria consistência e confiança, faça desta forma de estar a sua imagem de marca. As pessoas gostam de pessoas previsíveis em quem possam confiar e que sabem quais os resultados que podem esperar. Quando se executa as atividades sempre da mesma forma, acaba-se por entregar mais rápido e ao final de um certo tempo com mais qualidade.

Nota: quando queremos que uma tarefa importante seja executada, pedimos sempre a uma pessoa que tenhamos confiança e saibamos a irá executar com sucesso.

Independentemente da indústria em que se trabalha, se se exerce cargos de liderança, técnicos ou administrativos, estas são as características de profissionais com elevada qualidade e performance. Estas características permitem que se crie e entregue valor constantemente, a um ritmo elevado. Alcançar níveis de excelência e ter organizações onde as lideranças e operacionais rumam em conjunto a uma visão, consegue-se com colaboradores de alta performance! Atualmente, são escassos e precisam-se em qualquer indústria e mercado!