Inscreva-se

Inscreva-se

Por que razão a Inteligência Artificial é necessária para as PME

Back to search results

Por que razão a Inteligência Artificial é necessária para as PME

As PME portuguesas resistem a adotar soluções de inteligência artificial, apesar dos múltiplos benefícios para o negócio.

  • Estudar o comportamento dos clientes com detalhe permite-nos fazer previsões limitadas que aumentam a nossa percentagem de vendas.
  • O uso de chatbots e a automatização de processos internos de gestão poupam tempo de trabalho que aproveitamos em ações de maior valor

A inteligência artificial é bastante necessária para ajudar as empresas a ultrapassar os obstáculos da pandemia. No entanto, pelo menos em Portugal, há ainda um longo caminho a percorrer. Segundo os dados do Eurostat* publicado em abril de 2021, apenas 9% das PME em Portugal utiliza IA, ainda que estejamos acima da média europeia, que se situa nos 7%.

A inteligência artificial nas empresas de qualquer tamanho é imprescindível hoje em dia. É um erro pensar que só está ao alcance das grandes multinacionais. Existem soluções de todos os tipos a preços acessíveis que democratizaram o acesso a tecnologias de machine learning e automatização. O aparecimento da Covid-19 veio acentuar ainda mais esta necessidade. As PME preparadas para digitalizar processos poderão adaptar-se melhor a cenários de teletrabalho e venda online, por exemplo. Continue a ler se quiser saber a razão das empresas que usam inteligência artificial terem vantagem; seja uma delas!

 

Como podem as PME beneficiar da inteligência artificial

As empresas que trabalham com inteligência artificial beneficiam em todos os seus departamentos. Esta inteligência é capaz de aprender através da observação de comportamentos humanos e resolver problemas. O departamento de marketing pode segmentar melhor as campanhas com análise de tendências e processamento de comentários de clientes. Os responsáveis pelo atendimento ao cliente veem a sua tarefa muito mais agilizada graças aos chatbots para PME, que resolvem incidentes sem a necessidade de intervenção humana.

O big data e a inteligência artificial em PME andam de mãos dadas. Na verdade, uma das chaves para o sucesso da IA é a sua capacidade de análise de grandes volumes de dados. Processa informação em tempo real e fornece resultados de grande valor à empresa para tomar melhores decisões.

A implementação de inteligência artificial geralmente está ligada ao trabalho na cloud, que facilita os processos. Ter soluções na cloud é benéfico para as PME porque facilita o acesso de qualquer lugar a informações internas. Num cenário de aumento do teletrabalho pela Covid-19, a preparação digital é chave para a sobrevivência empresarial. E isso inclui a inteligência artificial em pequenas empresas.

 

Aplicações da inteligência artificial em PME

Estes são alguns exemplos de inteligência artificial em empresas. Usos e aplicações comuns que supõem um salto de qualidade muito grande nas dinâmicas de trabalho.

 

Estudar o comportamento de clientes e potenciais clientes

Os softwares de inteligência artificial são capazes de rever todos os seus dados, ordená-los, hierarquizá-los, cruzá-los uns com os outros e identificar padrões, variáveis e realizar previsões. Um dos objetivos mais importantes é conhecer pormenorizadamente os nossos clientes. Saber como se comportam, porque clicam numa parte da web e noutra não, em que ponto trava um processo de compra em e-commerce, como interagem com o conteúdo que lhes enviamos… as possibilidades são infinitas. Esta informação serve para adaptar as nossas campanhas ao que sabemos deles e dar-lhes o que querem. Assim aumenta a rentabilidade das nossas ações.

 

Fazer previsões

A precisão das previsões é outra das chaves do sucesso da IA. Ao planear e lançar novos produtos/ofertas, a equipa de vendas tem muito mais informações sobre como abordar o público, que tipo de mensagens funcionam melhor, por que canais comerciais e mesmo em que faixas horárias. Assim é muito mais fácil captar novos clientes e fidelizar os já existentes. A inteligência artificial tem um enorme contributo a dar nas vendas.

 

Ajuda virtual

Um dos mais importantes desafios para as PME é como abordar o atendimento ao cliente de forma rápida e eficaz sem ter que desembolsar um grande investimento em call centres ou pessoal próprio. Os chatbots podem ser uma solução. Graças ao processamento da linguagem natural, eles são capazes de manter conversas com os utilizadores e resolver os seus problemas. Pode-se criar um modelo que, dependendo da complexidade do pedido, o encaminha para um bot ou uma pessoa. Trata-se de agilizar processos.

 

Automatização de processos

Uma das aplicações da inteligência artificial nas empresas mais úteis para departamentos de Finanças ou Recursos Humanos. As PME podem reduzir o tempo que gastam a organizar ficheiros, a criar formulários ou a gerir a sua agenda através de programas IA. Isto repercute-se na satisfação dos trabalhadores, que deixam de investir tempo em tarefas monótonas sem excessivo valor.

Os dados dizem-nos que há uma ampla margem de crescimento na utilização da inteligência artificial em PME. E essas empresas vão precisar de ajuda. As consultorias tecnológicas têm um grande futuro para assessorar, guiar e implementar soluções nestas empresas. Os ERP do futuro vão precisar de especialistas que saibam ajudar as PME a tirar o máximo partido.

As empresas que se dedicam à consultoria estratégica devem transmitir aos seus clientes a importância de incorporar a IA. Também devem acompanhá-los no processo, resolvendo dúvidas e garantindo que a empresa entende e controla os programas que foram implementados. A inteligência artificial veio para ficar, e é missão de todos incorporá-la aos nossos negócios para continuar a crescer.

*Dados do Eurostat

Receba a newsletter Sage Advice

Inscreva-se para receber o boletim do Sage Advice e receba os conselhos mais recentes diretamente no seu e-mail.