Inscreva-se

Inscreva-se

Como escolher o nome da sua empresa?

Back to search results

Mulheres de negócios em reunião

Escolher o nome certo é absolutamente essencial quando se inicia um negócio ou em caso de rebranding. Não pode simplesmente dar o nome que quer ao seu negócio. Existem vários fatores legais e de marketing a considerar.

Pode investir em campanhas de marketing para promover o seu negócio, mas na realidade está a desenvolver uma associação entre uma entidade e uma marca. Por conseguinte, o seu nome comercial deve ser estar em sintonia total com a identidade da sua marca.

O nome acertado é aquele que vai chamar a atenção do seu mercado-alvo.

Existem muitas razões para designar as empresas de uma forma ou de outra. Alguns nomes são palavras completamente inventadas, foram escolhidos porque são fáceis de memorizar e de comercializar. Outros são mais literais ou descritivos e falam sobre os produtos e serviços oferecidos.

Lembre-se que deve certificar-se de que o nome do seu negócio se adapta ao seu mercado-alvo. Para lhe dar um exemplo, aqui estão alguns nomes fictícios de restaurantes:

  • A horta da Nicole
  • Os crepes da Anta
  • O galinheiro de Gap
  • O prato de cozido

Só com estes nomes, provavelmente já tem uma ideia do tipo de serviço que estes restaurantes oferecem. Se pretender jantar fora amanhã à noite, e sem outra informação disponível, até pode decidir onde vai jantar com base nessas ideias pré-concebidas.

É por isso que, tal como acontece com os seus produtos e serviços, aconselhamos fortemente a realização de um estudo de mercado para garantir que o nome da sua empresa provoca a reação pretendida junto do seu público-alvo.

Outro ponto muito importante é o “teste de rádio”. Isto é para determinar se, quando o nome é dito em voz alta, o ouvinte pode primeiro identificar o nome claramente, sem confusão, e depois soletrá-lo.

Deve verificar se o nome escolhido não é parecido com outros. Mesmo que esteja convencido de que não existem outros negócios com este nome, também deverá certificar-se de que não está a utilizar marcas registradas de outras empresas.

Comece por fazer algumas pesquisas para ver se o nome pretendido está disponível. Aqui estão os três primeiros recursos a verificar:

  • Conservatória do Registo Comercial: ao verificar se o nome já está registado na conservatória, fica logo com a certeza. Se já houver uma empresa com este nome ou um nome semelhante, pode desistir. No entanto, se a empresa de nome semelhante estiver num ramo completamente diferente do seu, poderá prosseguir com a sua ideia.
  • Registo de Propriedade Intelectual (INPI): pode consultar as marcas registradas junto do Registo da Propriedade Intelectual. Como no caso anterior, o nome escolhido pode já estar registado e nesse caso, não é viável. No entanto, as marcas são registradas por categoria, com base em ramos de atividade, serviços e produtos. Por exemplo, pode encontrar um nome como marca registrada na indústria petroquímica, mas como vai abrir uma padaria, essa situação pode não ser um problema (mais uma vez, procure aconselhamento especializado). Por exemplo, a palavra “Pólo” pode ser usada por uma marca de carro, uma marca de rebuçados de mentol e uma marca de roupa, tudo ao mesmo tempo, sem qualquer violação de direitos de propriedade intelectual.
  • Google: pode parecer óbvio, mas ao consultar motores de busca e diretórios de empresas, saberá rapidamente se o nome que escolheu já está ou não a ser utilizado.

Nota: Se o nome que escolheu não é marca registrada nem denominação social existente, isso não significa que esteja disponível. O nome pode estar sujeito a direitos não registrados. Não pode dar o nome que quer à sua empresa. O uso de certos nomes e expressões pode ser restrito. Nalguns casos, deve pedir autorização para poder usá-los, enquanto outros são totalmente proibidos. Para ter a certeza a 100%, recomendamos-lhe que procure o aconselhamento de um advogado especializado em questões de propriedade intelectual.

Verifique se um nome de domínio está disponível antes de associá-lo ao nome da sua empresa. Um nome de domínio não conduz necessariamente a um website. Lá porque um URL não leva a lado algum, não significa necessariamente que o nome do domínio esteja disponível.

Há uma maneira simples de descobrir: o status de um nome de domínio, esteja ele registrado ou disponível, é publicado e indicado através de um serviço de busca do tipo “WhoIs”. Embora encontre muitos fornecedores de pesquisa WhoIs no Google, é dada preferência à utilização de http://who.is pois cobre muitas extensões de nome de domínio.

Assim, ao fazer uma pesquisa rápida via WhoIs, saberá se o nome de domínio desejado é gratuito ou se já foi escolhido por outra pessoa.

Escolher um nome para a sua empresa – uma história

Alex Jordan levou vários meses a arranjar um nome para a sua empresa, a “Hyperlink”. Ele queria um nome que refletisse o ramo e os serviços que presta a sua empresa, mas também queria um nome que veiculasse uma mensagem, ou pelo menos uma ideia. Inicialmente, escolheu “Collective” porque na sua empresa reúnem-se e trabalham em equipa para resolver problemas. Claro que, quando fez uma busca rápida, viu que o nome já tinha sido escolhido, ainda por cima, por outra agência digital.

Quanto mais procurava, mais tinha a sensação de estar num beco sem saída. Vários meses depois, viu que o nome de domínio hyperlink.co.uk estava à venda. Fantástico. O nome ia ao encontro de todos os seus critérios: estava relacionado com o digital, era curto, fácil de memorizar e até evocava uma ideia de elo entre as pessoas. Além disso, após um grande trabalho de pesquisa, descobriu que nenhuma outra empresa em atividade tinha este nome, pelo menos no Reino Unido. Até conseguiu registar “hyperlink” como uma marca comercial que cobre todos os serviços que oferecemos.

Isto prova que mesmo que demore algum tempo a encontrar o nome certo, e mesmo que não corresponda à nossa escolha inicial, o esforço vale a pena.

Receba a newsletter Sage Advice

Inscreva-se para receber o boletim do Sage Advice e receba os conselhos mais recentes diretamente no seu e-mail.