Inscreva-se

Inscreva-se

Como o seu negócio pode triunfar na segunda metade de 2021

Back to search results

Fazer previsões é difícil, especialmente sobre o futuro da economia… e especialmente em tempos de tanta incerteza. Um plano de negócios para triunfar no resto de 2021 deverá incorporar a sua perspetiva para o futuro, a par de um “plano B” para o caso de as coisas não correrem como esperado.

Embora o panorama para o resto de 2021 pareça favorável, graças aos progressos significativos no combate à pandemia do COVID-19, não há garantias de períodos duráveis de prosperidade.

Uma variedade de eventos pode fazer desviar a recuperação, mas as lições económicas aprendidas em 2020 podem fazê-lo seguir em frente. Saiba como.

Lições aprendidas em 2020

Essas lições incluem como comunicar com e servir clientes de diferentes formas, novos modelos de contratação de pessoal e medidas para reduzir drasticamente os custos.

Estas aprendizagens são aplicáveis, mesmo quando a economia continua a ganhar força. Dedique alguns minutos a refletir sobre o que são as suas “lições aprendidas” e a sua relevância para o futuro

Por exemplo, digamos que aprendeu a comunicar eficazmente com os clientes, mesmo quando o seu negócio esteve em crise e todos estiveram confinados. Numa economia ressurgente, a cadeia de abastecimento entra em estrangulamento e um mercado do trabalho fechado pode dificultar-lhe a satisfação das necessidades do cliente a curto prazo. Assim, manter-se em contacto com os clientes pode ser tão necessário para manter essa relação, como o foi no ponto crítico da pandemia.

Componentes do plano de negócio para 2021

Nota: o seu plano de negócio é o plano de voo para o seu negócio. Deve ser verificado numa base regular, para se manter focado nos seus objetivos estratégicos. Independentemente de tudo, impõe-se uma atualização do plano de negócio para o resto de 2021 (quer já disponha de um plano ou necessite de partir do zero). Eis o que deve ser considerado:

Analisar as estratégias de marketing e de preços

  • Esforços de marketing sazonais. Se os clientes e potenciais clientes esperam ofertas sazonais (como um evento de saldos) do seu negócio, examine proativamente as suas campanhas de marketing e certifique-se de que se mantêm adequadas ou tão atualizadas quanto necessário. Quando mais consumidores entram na economia, é tempo de captar a sua atenção.
  • Novas iniciativas de produto e serviço. Se os seus clientes tendem mais a puxar da carteira nos próximos meses, há outros produtos ou serviços que os possam cativar agora?
  • Estratégias de preços. Se tem mantido os preços controlados, o seu plano de negócio poderá incluir um testar das águas com uma estratégia de preços mais agressiva.

Como planear atualizações e crescimento

  • Crescimento. Infelizmente para alguns negócios, os desafios de 2020 desferiram um golpe devastador às suas perspetivas de sobrevivência a longo prazo. Mas se conseguiu manter os pés no chão, poderá vislumbrar uma fusão, aquisição ou novas oportunidades de parceria com concorrentes. No geral, as grandes empresas conseguem aguentar as crises económicas melhor do que as mais pequenas, porque têm mais margem para atuar durante os períodos de vacas magras.
  • Upgrades de tecnologia. Pode ser fácil adiar atualizações de TI, quando o negócio abranda. Mas se ficar demasiado para trás, retarda a oportunidade de operar com mais eficácia e segurança e de adquirir novas competências. Com as mais recentes ferramentas de automação do negócio, contabilidade, Recursos Humanos, CRM e sistemas de marketing, entre outras, pode preparar o seu negócio para o sucesso futuro. (Nota: Um estudo de mais de mil executivos financeiros encomendado pela Sage concluiu que 77% planeiam reforçar o seu investimento em TI, este ano.) Contudo, não é uma proposta de tudo ou nada. Um plano de negócio pode prever uma abordagem faseada de atualização da sua funcionalidade de TI.
  • Contratação de pessoal. Muitos empregadores, nos meses mais recentes, têm tido dificuldade em atrair trabalhadores no escalão salarial inferior. As causas são várias. Generosos subsídios de desemprego desempenharam um papel em algumas áreas, mas estão a ser gradualmente retirados. Contudo, a dinâmica do mercado de trabalho está a mudar e poderá ser necessário aumentar os salários ou encontrar outros incentivos, para contratar mais pessoal à medida que o negócio for retomando.
  • Necessidades imobiliárias. A pandemia pode tê-lo motivado a repensar as suas necessidades imobiliárias. Por exemplo, se os colaboradores tiverem estado a trabalhar produtivamente a partir de casa e quiserem continuar a fazê-lo, deverá reduzir a área física e reconfigurar o espaço que mantém? Esta é uma boa altura para analisar as suas necessidades imobiliárias e adicionar esse aspeto ao seu plano de negócio.
  • Força financeira. Uma previsão de fluxo de caixa não é um plano de negócio, mas pode apontar para a necessidade de incorporar uma componente de aumento de capital no seu plano – em particular, se tem em mente o crescimento. Os custos de empréstimo não se vão manter baixos para sempre. Explore as suas opções de financiamento para avaliar se deverá incorporar um empréstimo no seu plano de negócio.

Ingredientes essenciais para triunfar no resto de 2021

Se a pandemia ensinou alguma coisa aos proprietários de negócios foi a importância da criatividade, da flexibilidade e da perseverança. Um bom plano de negócio deve ser criado e mantido com essas qualidades em mente.

A criatividade requer não apenas imaginação, mas uma disponibilidade para tentar novas estratégias de negócio com fé e otimismo.

A flexibilidade e a agilidade que a acompanha requerem a capacidade de corrigir um rumo prontamente, quando a evidência dita essa necessidade. E a persistência, o outro lado da flexibilidade, significa ter fé suficiente no seu plano de negócio para não mudar o rumo num impulso. Some tudo isso e terá uma fórmula para fazer triunfar o seu negócio todo o ano.

Receba a newsletter Sage Advice

Inscreva-se para receber o boletim do Sage Advice e receba os conselhos mais recentes diretamente no seu e-mail.