Inscreva-se

Inscreva-se

A Contabilidade e a Tecnologia: o que esperar do futuro da profissão? – Parte VI

Back to search results

Logotipo do Sage Advice
Sage AdviceConhecimento para Empresas de Sucesso
Receba a Newsletter Sage AdviceSubscrever
Homens analisam ecrã computador

VI.1 – O Contabilista deve ser Consultor 

Ao acompanhar as principais tendências da Contabilidade, diversas instituições referem que os Contabilistas podem-se tornar consultores dos empresários. Pois, avaliam a forma como estão a ser geridos os recursos financeiros e o património empresarial dos seus clientes. Além disso, aconselham ainda os Contabilistas a propor alternativas que ajudem os seus clientes a cumprir as obrigações fiscais (pagamento de impostos e de taxas, por exemplo) de maneira adequada, o que irá permitir uma melhor gestão orçamental.

Os serviços de consultoria podem ser uma excelente oportunidade de remuneração dos Contabilistas. Para um Contabilista exercer a atividade de consultor é necessário ter um amplo conhecimento da legislação e uma visão abrangente do negócio dos seus clientes.

VI.2 – A Contabilidade e a responsabilidade social

É provável que pouco se tenha ouvido falar da ligação entre a responsabilidade social e a Contabilidade. Nesta área, o Contabilista pode colaborar com as empresas nas respostas corretas aos investimentos relativos ao meio ambiente ou à solidariedade social.

Os Contabilistas devem apoiar as empresas e manterem-nas informadas sobre os benefícios fiscais relativos a iniciativas de responsabilidade social. Para o fortalecimento da imagem de uma empresa, é indispensável otimizar a gestão financeira, os pagamentos dos impostos e a gestão do património empresarial.

Esse apoio prestado e a informação fornecida faz com que os Contabilistas sejam cada vez mais solicitados. Afinal, a transparência tem grande impacto na imagem de uma instituição e ajuda a otimizar a relação com os clientes, os fornecedores, os trabalhadores e os sócios da empresa.

VI.3 – Como preparar-se para o futuro

Com a Digitalização da Economia em agenda, é necessário que no futuro os Contabilistas busquem competências para encarar esta realidade.

“A quarta revolução industrial, a revolução da economia digital, que consiste na fusão dos métodos correntes de produção com os mais recentes desenvolvimentos na tecnologia da informação e comunicação, desenvolve-se a um ritmo frenético, impulsionado pela tendência de digitalização da economia e da sociedade”. (in Banca 4.0 de Paulo Alcarva- ACTUAL – Grupo Almedina)

Não há dúvida de que os profissionais mais adaptados às tecnologias e com uma opção pela transformação digital da Contabilidade terão mais condições de se destacar e de superar os concorrentes. Isso porque os clientes desejam serviços mais personalizados e eficientes.

Para que esta realidade se concretize, os Contabilistas têm de investir e utilizar cada vez mais tecnologias avançadas para poderem fornecer serviços inovadores aos seus clientes. De entre essas tecnologias gostaria de destacar a Inteligência Artificial (IA), machine learning (ML), análise avançada de dados, computação na nuvem e Aplicativos de Programação Livres (API).

Estas tecnologias serão catalisadoras e permitirão aos Contabilistas Certificados prestar um serviço mais rápido e de maior valor acrescentado aos clientes.

Deixar uma resposta