Inscreva-se

Inscreva-se

Rácio de endividamento de uma empresa: Como interpretá-lo?

Artigo mais popular

Rácio de endividamento de uma empresa: Como interpretá-lo?

Entre os indicadores ou rácios financeiros também conhecidos popularmente no mundo financeiro como KPI (Key Performance Indicators), um dos mais amplamente utilizados é o rácio de endividamento.

  • Explicamos o que é o rácio de endividamento e os diferentes tipos de rácios de endividamento que pode utilizar.
  • Descubra neste artigo como interpretá-lo e a fórmula para o seu cálculo.

O endividamento excessivo é uma das principais razões pelas quais muitas empresas acabam por fechar as suas portas. Para saber quando os níveis de endividamento começam a tornar-se alarmantes, é utilizado o rácio de endividamento.

Este rácio é normalmente utilizado juntamente com outros indicadores financeiros para realizar uma análise completa das demonstrações financeiras num determinado período. Esta análise permitirá a realização de umdiagnóstico financeiro da empresa, que revelará, entre outras coisas:

  • Os pontos fortes e fracos financeiros da empresa.
  • O seu nível de endividamento.
  • Comparar a situação da empresa com outros períodos ou empresas do sector.

O rácio de endividamento é geralmente transferido, juntamente com os principais indicadores financeiros, para um painel de controlo ou dashboard para fácil consulta pelos gestores da empresa.

As empresas que estão mais preocupadas em manter sempre o controlo do seu negócio utilizam aplicações que geram painéis de controlo com os principais rácios de forma automatizada.

O que é o rácio de endividamento?

O rácio de endividamento é um indicador financeiro que mostra a proporção de dívida que uma empresa tem em relação ao seu capital próprio.

Graças a este rácio, poderá descobrir o quanto está dependente de financiamento externo e se o seu negócio está sobreendividado.

O endividamento é mostrado no passivo do balanço e refere-se a todos os pagamentos que uma empresa tem de fazer a longo e a curto prazo.

O rácio de endividamento é um indicador da estrutura financeira da empresa, uma vez que relaciona os recursos próprios e os alheios.

Qual é a fórmula do rácio de endividamento?

Para calcular o rácio de endividamento, o valor líquido do capital próprio deve ser comparado com o passivo fixo e/ou corrente. Desta forma, obtém-se uma percentagem que representa a proporção de financiamento externo que a empresa possui em relação ao seu capital próprio.

Podem ser utilizadas diferentes fórmulas para calcular este rácio, uma vez que o capital próprio pode ser comparado com o passivo total da empresa, ou com o passivo a curto ou a longo prazo.

  • Rácio de endividamento = (Passivo / Capital Próprio)
  • Rácio de endividamento a Longo Prazo = (Passivo não corrente / Capital Próprio)
  • Rácio de endividamento a Curto Prazo = (Passivo Corrente / Capital Próprio)

Como interpretar o rácio de endividamento?

Se o rácio for superior a um, significa que as dívidas excedem os recursos próprios. Esta situação pode ser preocupante, em certas empresas, se for maior do que um.

Em qualquer caso, o resultado desta relação não pode ser analisado por si só. A situação económica e o setor em que a empresa opera são igualmente importantes. Por exemplo:

  • Em alguns setores como o da construção civil, as empresas podem ter elevados níveis de endividamento enquanto realizam os seus desenvolvimentos e ser totalmente viáveis.
  • Em relação à situação económica, se a situação económica não for boa, as instituições financeiras e os fornecedores serão mais relutantes em conceder financiamento e exigirão contribuições mais elevadas dos acionistas.

Se o resultado fosse igual a um, isso significaria que o financiamento da empresa seria partilhado em partes iguais entre os credores da empresa e os acionistas da empresa.

Por outras palavras, se os credores da empresa, que normalmente incluem instituições financeiras, observarem que o rácio excede um, podem deixar de financiar a empresa. Isto porque podem interpretar que os seus acionistas não estão comprometidos com a empresa e procuram que a maior parte do risco financeiro recaia sobre as instituições financeiras e outros credores.

Este rácio é, portanto, também utilizado para medir a dependência da empresa do financiamento externo.

É importante incluir o rácio de endividamento do seu negócio no seu painel de instrumentos. Mas se o seu software de contabilidade o calcular automaticamente, tê-lo-á sempre disponível e a gestão do seu negócio será muito mais fácil.