search icon
Sustentabilidade e sociedade: Protect the Planet

Protect the Planet

O pilar Protect the Planet representa o nosso compromisso de combate às alterações climáticas. Estamos a cumpri-lo reduzindo as nossas emissões para metade até 2030 e tornando-nos energeticamente independentes até 2040, apoiando as PME a alcançar a independência energética e defendendo quadros regulamentares que apoiem a transição para uma economia de baixo carbono.

Combater a crise climática

As pequenas e médias empresas (PME) desejam combater o impacto ambiental e social das suas atividades, mas fazê-lo de forma eficiente e relevante pode ser um desafio. É nosso objetivo quebrar as barreiras que surgem no seu caminho.

Serviremos de exemplo com as nossas próprias metas ambiciosas mas realistas :

 

  • Reduzir as nossas próprias emissões de carbono em 50 % até 2030
  • Alcançar a independência energética até 2040 (nos âmbitos 1, 2 e 3)
  • Compromisso com a SBTi (science-based target initiative)
  • Compromisso com a campanha de alteração climática Race to Zero da ONU para apoiar a CoP26
  • Adesão ao Pacto Global das Nações Unidas de Ambição Empresarial em atingir a meta de 1,5°C
Path to growth report cover image

Fazer os relatórios de sustentabilidade funcionar para as PME

As PME debatem-se com os relatórios de sustentabilidade

As pequenas e médias empresas (PME) estão no centro das atenções das economias e das sociedades em todo o mundo. Sabemos que as PME têm um papel crucial a desempenhar nos desafios provocados pelas alterações climáticas e apoiamos a sua atuação.

O nosso relatório mais recente, encomendado pela Sage, em parceria com a ICC, a PwC UK e a Strand Partners, revela uma informação importante: enquanto a maior parte das PME deseja ser mais sustentável, a maioria não está a levar a cabo nenhum tipo de elaboração de relatórios de sustentabilidade. Estas empresas estão bloqueadas pelos custos elevados e pelos quadros complexos de elaboração de relatórios. Isso impede-as de encetar ações relevantes no sentido de se tornarem mais sustentáveis e de perceber antecipadamente os benefícios dessas ações para os seus negócios.

Faça download do relatório para se inteirar sobre o que a Sage e os parceiros recomendam para capacitar mais PME a iniciar o seu percurso de elaboração de relatórios de sustentabilidade, a fim de poderem construir melhores empresas e comunidades.

Data da publicação: novembro de 2023

Impacto climático das PME

No presente relatório, descrevemos o impacto e a influência destas empresas no clima e na economia, salientando por que razão a transição para a independência energética constitui um desafio para as PME. Encomendado pela Sage, em parceria com a Oxford Economics e a Câmara de Comércio Internacional (CCI), o relatório apresenta perspetivas de 4 000 pequenas e médias empresas de todo o Reino Unido e África do Sul e ainda modelos globais de sustentabilidade da Oxford Economics. Saiba que ações climáticas podem implementar neste momento as PME e explore o que o Governo e as grandes empresas podem fazer para empreender ações no futuro.

Data da publicação: novembro de 2022

Permitir que as PME tomem medidas climáticas

O nosso relatório de colaboração "Think Small First" (Pensar primeiro em pequena escala): "Enabling effective climate action by small and medium-sized businesses" (Permitir medidas climáticas eficazes por parte das pequenas e médias empresas) apela aos governos e às grandes empresas para que se empenhem em fazer mais para simplificar urgentemente a informação e o cálculo do carbono, por forma a que as pequenas e médias empresas não sejam deixadas para trás na corrida pelas emissões zero.

 

Mesmo que as PME constituam mais de 90% dos negócios, uma grande maioria ainda não agiu relativamente ao clima nem definiu objetivos destinados a reduzir as suas emissões de carbono. Falta de tempo, custos significativos, diretivas excessivamente complexas e incerteza sobre a quantificação das emissões são barreiras que as impedem de tomar medidas positivas. Por isso, realizámos uma parceria com o organismo global de contabilistas profissionais, a ACCA, e as Câmaras de Comércio Internacionais (CCI), no sentido de apresentar recomendações favoráveis para as PME.

 

Data de publicação: novembro de 2021

Aderimos ao Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável (WBCSD)

A adesão ao WBCSD como Membro do Conselho oferece à Sage a oportunidade de representar as PME globalmente e os desafios que enfrentam para proteger o nosso planeta. Vamos colaborar com os líderes de todos os setores e localizações geográficas para ajudar as empresas sustentáveis a terem mais sucesso.

Steve Hare terá igualmente um papel ativo na Comissão de Negócios para o Combate à Desigualdade (BCTI), como Comissário, onde trabalhará afincadamente com outros diretores-gerais e líderes de setores, no sentido de mobilizar a comunidade empresarial em geral e fomentar um progresso tangível no apoio à prosperidade para todos.

Garantir que ninguém é deixado às escuras

Através das nossas parcerias com organizações sem fins lucrativos que fornecem energia renovável limpa a comunidades insuficientemente servidas, estamos a apoiar os jovens com iluminação segura e fiável que lhes permite o acesso à instrução, podendo estudar depois de escurecer.

Explore os nossos pilares

Tech for Good

Tech for Good é o nosso compromisso em ajudar as PME e as comunidades a terem êxito, estabelecendo uma rede digital e soluções inclusivas e de confiança. Estamos a cumprir este pilar, recorrendo a dados e visualizações para ficarmos mais próximos de atingir os objetivos de desenvolvimento sustentável, criando padrões de confiança e segurança na nossa rede e mantendo, simultaneamente, níveis elevados de dados e de ética de IA. Além disso, capacitamos as pessoas através da Sage Foundation para expandir as empresas e desenvolver as competências de que necessitam.

Human by Design

O pilar Human by Design representa a nossa abordagem para amplificar a inclusão económica e crescer de forma sustentável. Estamos empenhados em construir uma cultura diversificada e centrada nas pessoas, e estamos a consegui-lo promovendo o bem-estar aliado à diversidade, à equidade e à inclusão no local de trabalho e não só.

Give Feedback