Inscreva-se

Inscreva-se

A integração das redes sociais no ERP, um passo decisivo num ambiente colaborativo

Back to search results

A integração das redes sociais no ERP, um passo decisivo num ambiente colaborativo

Em vários fóruns empresariais, gestores de grandes e de pequenas empresas, consideram que a integração do ERP e das redes sociais é extremamente importante. A grande maioria aposta por um sistema ERP que os ajude a executar funções que normalmente estão associadas às redes sociais e outras ferramentas colaborativas baseadas na web.

Cada vez mais se afastam os tempos em que os programas de gestão empresarial se baseavam, simplesmente, em gestores de informação ou bases de dados relacionais. Hoje em dia, devem fazer parte de um todo e essa totalidade não é concebida sem internet nem redes sociais.

Descubra o que a integração das redes sociais no ERP traz à sua empresa.

Por que razão deve integrar as redes sociais no ERP?

As soluções de software social foram concebidas para obter informações acerca das pessoas: os seus gostos, hobbies, necessidades… São, portanto, um elemento essencial dentro da empresa.

Além disso, há que ter em conta o contexto em que nos movemos. No futuro, os bons profissionais com anos de experiência nas diferentes áreas de negócio reformar-se-ão, dando lugar a uma geração que, embora preparada, será mais reduzida em termos de número.

A integração das redes sociais no ERP permite aumentar a comunicação dentro da nossa empresa, a capacidade de captar e integrar o conhecimento dos nossos empregados mais experientes e a interação com os nossos fornecedores e clientes

As gerações mais jovens, embora tenham menos experiência, possuem uma maior sofisticação do ponto de vista tecnológico. Neste mundo, a rede, os fóruns de debate e, naturalmente, as redes sociais devem fazer parte, senão imprescindível, pelo menos complementar do software da nossa empresa.

Se um ERP “normal” é relativamente fácil de usar pelos trabalhadores com uma certa formação, então podemos imaginar o quanto melhoraremos a sua utilização, se lidarmos com um ERP “social” que imita o funcionamento das redes sociais, hoje em dia, por todos conhecidas.

Como se consegue a integração do ERP com as redes sociais?

O elemento-chave reside na aplicação e introdução de novas funcionalidades no software do ERP para que ajude a melhorar a gestão e facilite o processo de integração.

É bastante interessante unificar as tarefas quotidianas para melhorar a eficiência de nosso sistema ERP analisando a informação e conectando os processos vitais da empresa com o software adequado

Desta forma, trabalha-se na melhoria da interface, evoluindo para incluir ferramentas de procura integradas e dispositivos inovadores para a recolha de conhecimentos como, por exemplo, funções de post-it que permitem aos utilizadores adicionar ou editar de forma mais ou menos informal, comentários ou informações interessantes.

Como resultado, acabamos por trabalhar na estrutura da nossa informação não na forma de documentação estatística, mas com um formato de “wikis”. Documentaremos os processos de negócio adaptando, também, os conhecimentos de profissionais com experiência numa plataforma que crie valor acrescentado com o passar do tempo.

Um ERP social é uma alavanca para impulsionar a comunicação interna e externa.

Porquê integrar as redes sociais no ERP?

Ao integrar as redes sociais no ERP, será possível aceder ao conhecimento dos utilizadores fora da nossa organização. Vamos aliar o planeamento dos recursos empresariais que um ERP disponibiliza com a funcionalidade de um software social, de uma forma real e não limitada.

A aposta em soluções que procurem e encontrem a versatilidade dos sites de software social, como o Twitter e o Facebook, cria também um aproveitamento da comunicação interna e uma melhoria dos processos de negócio que podem dar suporte a iniciativas eficientes.

É importante referir que um programa de gestão empresarial social permite informar de forma imediata todos os trabalhadores da organização sobre qualquer novidade da empresa, desde qualquer evento relevante até à procura de informações por parte de um cliente.

Em conclusão, podemos afirmar que os potenciais benefícios das funções sociais integradas num ERP são reais e podem ser consideravelmente benéficas.

ERP Sage X3

A melhor forma de gerir o seu negócio na integra a custos mais baixos e a uma escala global.

Saiba mais

Receba a newsletter Sage Advice

Inscreva-se para receber o boletim do Sage Advice e receba os conselhos mais recentes diretamente no seu e-mail.