search icon

Programas da Sage Foundation

A Sage Foundation está envolvida numa série de programas de desenvolvimento que prestam apoio e financiamento a mais de 1 000 organizações sem fins lucrativos.

Programas emblemáticos da Sage

A Sage Foundation reúne pessoas de todo o mundo para ajudar as comunidades locais e promover mudanças positivas. A Sage Foundation revela a visão, a experiência e a paixão do seu pessoal, capacitando colaboradores, clientes e parceiros para dar resposta aos maiores desafios enfrentados pelas comunidades em todo o mundo.

Através dos nossos programas emblemáticos - Sage Empowering Women, Sage Inspiring Youth e Sage Serving Heroes - o modelo de filantropia de ação da Sage Foundation procura dedicar tempo, capacidade e investimento para apoiar programas de solidariedade para jovens, mulheres e veteranos militares e para nos ajudar a levar a cabo ações significativas nas comunidades em que operamos.

2 milhões de USD para instituições de solidariedade até 2022

Cumprimos o $1 Million Challenge que nos foi proposto pelo CEO, Steve Hare. Esse desafio juntou colegas de todo o mundo e apoiou dezenas de milhares de pessoas através de 1 000 instituições de solidariedade locais. Mas não ficamos por aqui. Mal Steve Hare celebrou o cumprimento da meta de 1 milhão de USD, anunciou a sua decisão de propor outra – e duplicou-a. Desta vez, iremos angariar 2 milhões de USD para instituições de solidariedade até 2022, mas planeamos chegar lá mais depressa.

Sage Foundation NPO Success

A Sage Foundation está empenhada em apoiar organizações sem fins lucrativos. Foi por essa razão que desenvolvemos o programa Sage Foundation NPO Success, o qual oferece assinaturas promocionais de produtos Sage Business Cloud que lhe permitirão poupar tempo, reduzir os custos, eliminar os erros e garantir conformidade.

Casos práticos

Estes são apenas alguns dos projetos que a Sage Foundation tem a honra de apoiar:

 

Em 2016, o CEO da Sage, Steve Hare, assumiu um compromisso arriscado.

Disse às pessoas que faria algo que odiava se o patrocinassem - iria correr. E não apenas uma corrida pequena e leve de vez em quando, mas uma promessa de correr 500 km. Não todos de uma vez, claro.

Tudo isso se destinou a angariar dinheiro para o Cramlington Voluntary Youth Project (CVYP), um pequeno projeto de solidariedade que oferece uma série de oportunidades para ajudar os jovens no Nordeste de Inglaterra. Esse projeto presta serviços seguros e de fácil utilização, que vão ao encontro das novas necessidades dos jovens de diferentes idades e competências, e ocupa cerca de 250 jovens todas as semanas.

Steve Hare não era nada que se parecesse com um corredor, sendo espetador confesso e não participante quando se tratava de desporto. "Ginásio - claro que sim. Eu até tive um problema com um wakeboard nas férias", mas resumiu-se a isso.

A família e os amigos não tinham a certeza do seu plano. “Fui confrontado com uma mistura de risos e de preocupação devido às minhas articulações.”

O truque era começar devagar e não exagerar, misturando corrida e caminhada. Nem sempre foi fácil, especialmente nos meses de inverno, com chuva e frio. O principal era lembrar-se por que razão estava a fazê-lo. “Sempre que queremos encontrar uma razão para desistir, é necessário saber por que motivo estamos a correr. Como os homens de negócios gostam de dizer, encontre o seu motivo."

E, em pouco tempo, não foi apenas Steve Hare que encontrou o motivo. O que começou como a sua jornada pessoal de angariação de fundos alargou-se a toda a equipa de finanças da Sage até se tornar mundial. 

Para situar 500 km em contexto, trata-se de cerca de –

Cinco maratonas...

56 vezes a extensão da Grande Muralha da China...

e 73 vezes a extensão do Nilo.

Recentemente, Steve Hare propôs-se um novo desafio - elevar o total angariado para o CVYP para £ 150 000 - ajudando a Sage Foundation a aproximar-se da ambiciosa meta de 2 milhões de USD. A quantia angariada destinar-se-á a ajudar a instituição de solidariedade a construir um novo centro recreativo, proporcionando aos jovens desfavorecidos da região a oportunidade de praticarem ciclismo, campismo, arco e flecha, vela, desportos aquáticos, caminhadas históricas e muitas outras atividades, geralmente pela primeira vez.

Uma coisa é certa - Steve Hare já não pode dizer que não é corredor.

Participe já no $2 Million Challenge da Sage.

 

No Dia de Mandela, na África do Sul, os cidadãos são convidados a doar 67 minutos do seu tempo, que serão devolvidos às comunidades. Os colaboradores da Sage levaram a sério este apelo e organizaram um dia de voluntariado com a Afrika Tikkun, uma instituição de solidariedade que trabalha em prol de um futuro em que as crianças e jovens de hoje serão os cidadãos produtivos de amanhã. Os colaboradores da Sage dedicaram o dia a trabalhar com crianças em Diepsloot, uma região pobre a norte de Joanesburgo. Diepsloot tem uma elevada taxa de desemprego dos jovens e carece de programas de desenvolvimento para crianças. À semelhança do estatuto socioeconómico da região, os moradores vivem um colapso nas estruturas familiares e lutam por um futuro melhor. Em parceria com a Afrika Tikkun, os colaboradores da Sage estabeleceram contacto com as crianças por meio de atividades lúdicas e educativas.

"Como avaliar o sorriso no rosto de uma criança quando ela vive em tão abjeta pobreza e, durante uma manhã, a ajudamos a esquecer tudo isso?” questionou Joanne van der Walt, gestora do Programa da Sage Foundation para África. “Estou muito feliz por nos termos unido para viver a alegria do voluntariado e fazer a diferença nas vidas destas crianças.” Os voluntários organizaram um workshop sobre Aptidões de Carreira, com base no modelo de apoio “do berço à carreira” da Afrika Tikkun. Durante o workshop, os colaboradores da Sage referiram o modo de gerir uma marca pessoal nos meios de comunicação social, redigir um CV da melhor forma e ser bem-sucedido numa entrevista de emprego. Além disso, os voluntários da Sage ajudaram crianças dos 4 aos 8 anos a decorar bolinhos com açúcar e guloseimas, o que acrescentou uma vertente doce e criativa ao dia. "Vamos certamente voltar a realizar trabalho de voluntariado com a Afrika Tikkun", afirmou Joanne van der Walt. “Foi a maneira perfeita de ajudar os necessitados no Dia de Mandela e os nossos colaboradores adoraram a experiência de trabalhar com crianças.”