Inscreva-se

Inscreva-se

Clubhouse – Que rede social é esta e como pode usá-la para promover a sua empresa

Back to search results

No dia mundial das redes sociais, falamos sobre essa rede que tem suscitado a curiosidade de muitos, que rejeita a imagem, o vídeo e torna a voz no elemento único de interação – o Clubhouse.

O que é o Clubhouse?

Esta rede social surgiu em abril de 2020 e, no final desse ano, já tinha 600 mil utilizadores. O seu crescimento foi potenciado pelo segundo período de confinamento, provocado pelo coronavírus, tendo registado a 5 de fevereiro mais de seis milhões de utilizadores. Portugal também aderiu em massa a esta nova rede social, e no início de fevereiro de 2021, esta era a terceira app mais popular na App Store.

Fazendo uma breve caracterização das principais redes sociais, podemos definir o Facebook como promotor da partilha de ideias através do texto, o Instagram assenta toda a comunicação na imagem, o Twitter é uma espécie de newsletter diária com o acompanhamento dos acontecimentos e o LinkedIn é a rede mais profissional por excelência.

Esta rede social tem características que lhe conferem singularidade quando comparada com as existentes:

  • Aquando do seu lançamento estava apenas disponível em IOS, mas desde maio deste ano que está disponível nos smartphones Android em Portugal;
  • Para entrar nesta rede social, é necessário ter convite, conferindo-lhe um caráter elitista;
  • A comunicação é feita apenas em áudio ao vivo sem poder enviar mensagens a outros utilizadores, num formato semelhante ao de uma conferência virtual ou podcast interativo;
  • Uma vez criada a conta, pode atrair seguidores e pode seguir outras pessoas, bem como aderir a salas de conversação e ser notificado do início de conversas que lhe interessem;
  • Não são permitidos perfis institucionais, o que leva a que muitas empresas nomeiem como porta-voz alguém que esteja alinhado com os objetivos da marca e tenha conhecimento para tal. Esse porta-voz é, muitas vezes, o CEO ou os gestores da marca;
  • Se quiser intervir numa dessas conversas, é necessária uma autorização de um dos moderadores, mas pode entrar e ouvir;
  • Pode ainda criar a sua própria sala de conversação em três formatos possíveis: pública, apenas para os seus seguidores ou privada para pessoas que queira convidar, até um máximo de 5 mil pessoas. Pode ainda agendar eventos.

Como pode usar o Clubhouse para promover a sua empresa?

Nas redes sociais mais comuns, o processo para promover os negócios é semelhante: a marca cria a sua página, alimentando-a através da produção de conteúdos do interesse do target em diferentes formatos (texto, vídeo, imagem), fazem-se diretos, recebe-se a reação dos seguidores através de gostos ou corações, comentários.

Numa rede social como o Clubhouse, onde a voz é a rainha, a grande mais valia para o seu negócio é a possibilidade de fazer networking e encontrar novos parceiros de negócio, mas também conversar com os seus clientes e potenciais clientes, promover a sua marca, produtos e serviços. É um espaço para aprender, permite a interação com pessoas com os mais variados backgrounds e profissionais das mais diversas áreas, sem quaisquer barreiras. A atenção está totalmente na partilha de ideias e na qualidade da conversa que alimenta o debate.

Assim sendo, tenha em atenção o ambiente que o rodeia, quais os temas que estão a ser abordados e defina o seu plano de ação:

  • Crie conteúdos áudio relevantes, sobre temas relacionados com o seu setor de atividade e a sua empresa, e aborde-os em salas próprias ou salas de outros membros, tornando-se reconhecido como um especialista na área;
  • Selecione salas onde se sinta à vontade para fomentar interações mais pessoais e espontâneas, promovendo o networking com os outros especialistas, a recolha de ideias;
  • Tal como acontece em outras redes sociais, patrocine produtores de conteúdo e digital influencers com perfis alinhados com a sua marca e que poderão trazer-lhe potenciais clientes;
  • Potencie a promoção da sua marca, criando conteúdos que levem os os seus seguidores até ao seu website, loja online ou às suas outras redes sociais e vice-versa;
  • Utilize esta nova rede social para criar eventos virtuais e promover debates sobre temas relevantes para os seus clientes;
  • Esteja atento e recolha os insights para delinear as suas estratégias de marketing de conteúdos.

Quem já marca presença nesta rede social em Portugal?

O aparecimento do Clubhouse no início de 2021 gerou a adesão de várias personalidades, em Portugal, desde jornalistas, políticos, influencers. Um desses políticos é Carlos Moedas, que em entrevista ao Expresso* caracteriza esta rede social como um fenómeno sociológico, levantando a dúvida sobre o papel da escrita: “Será que vamos ficar reduzidos ao áudio e a escrita desaparecerá?”

O networking é a grande mais valia identificada por Carlos Moedas, contudo, tem algumas reservas sobre o desenvolvimento e sustentabilidade desta rede social. Aliás, reservas essas que ficam claras quando decorridos quatro meses desde o seu lançamento não são conhecidos dados atualizados sobre esta rede em Portugal.

“É como estar em Davos todos os dias – acesso direto e de forma informal a todos.”, Carlos Moedas, in Expresso”

Para além de figuras pertencentes à esfera política, encontramos marcas como a SPORT TV no Clubhouse**, promovendo conversas sobre futebol, numa espécie de vox pop.

Esta é claramente uma rede social onde a palavra é rainha, as conversas acontecem em tempo real e não há lugar a gravações, é tudo muito natural e espontâneo, como se estivéssemos num café com amigos. Um espaço onde a promoção profissional se toca com a pessoal.

Não conseguimos prever o futuro, mas podemos dizer-lhe que quando receber o tão desejado convite, entre, experimente e enquadre-a no seu plano de marketing digital se julgar que trará valor ao seu negócio.

*Entrevista de Carlos Moedas ao Expresso
**Sport TV no Clubhouse

Receba a newsletter Sage Advice

Inscreva-se para receber o boletim do Sage Advice e receba os conselhos mais recentes diretamente no seu e-mail.