Inscreva-se

Inscreva-se

Como o seu negócio pode combater a incerteza financeira

Crescimento de Negócio e Clientes

Como o seu negócio pode combater a incerteza financeira

No mundo interligado de hoje, há acontecimentos globais inesperados que trazem novos desafios a quase todos os tipos de negócios. Uma das principais fontes de pressão são os impactos imprevisíveis sobre o fluxo de caixa, que criam incerteza em torno do dinheiro.

Neste artigo partilhamos algumas dicas para o ajudar a navegar essa incerteza e para lhe mostrar como saber mais sobre as finanças do seu negócio é a melhor forma de garantir um sucesso continuado.

Vamos tratar os seguintes aspetos:

A atitude certa para os tempos de incerteza

Muitas empresas servem-se do que aconteceu no passado para terem uma ideia do que é provável que aconteça no futuro. Isto inclui analisar as tendências e os dados históricos para prever os picos de vendas ou para prever de que forma certas épocas afetam as cadeiras de fornecimento.  

Mas a mudança é inevitável, e estes padrões fiáveis podem ser perturbados por coisas que não controla, como as mudanças na indústria, comportamentos inesperados dos clientes e nova legislação governamental.

Sendo assim, o que pode fazer para que o seu negócio se mantenha financeiramente saudável quando isto acontecer?

Em vez de olhar para o passado para prever o que vai acontecer, use-o para fundamentar as suas decisões.

Ao concentrar-se naquilo que é possível saber – como o desempenho passado do seu negócio em diferentes momentos – será capaz de controlar melhor as suas finanças e agir com mais positividade e confiança.

Como saber mais sobre o seu dinheiro

Se as suas finanças forem mais visíveis será mais fácil avaliar o desempenho do seu negócio.

Mais especificamente, precisa de examinar o seu fluxo de caixa e perceber de que forma os acontecimentos passados influenciaram a quantidade de dinheiro disponível a cada momento.

Isto é importante mesmo em contextos de previsibilidade, mas durante períodos como os de recessão torna-se essencial.

Nestas alturas o dinheiro pode ser pouco, mas continua a ser necessário para pagar despesas, empréstimos e impostos, bem como para comprar ativos, como reservas e materiais.

Sem saber exatamente quanto dinheiro tem disponível, é difícil sentir que tem as coisas sob controlo.

Também é útil compreender bem as forças que determinam o seu fluxo de caixa. Por exemplo, que clientes gastam mais, com que frequência compram e quanto tempo demoram geralmente a pagar: tudo isto revela as razões pelas quais o seu fluxo de caixa subiu ou desceu no passado.

Se está a gerir uma empresa, é provável que não tenha tempo para se tornar contabilista apenas para saber mais sobre o seu dinheiro.

Felizmente isso não é necessário.

Há inúmeras soluções de software de faturação que incluem funções fáceis de usar e que lhe dão uma visão em tempo real das suas finanças, quer seja uma ideia rápida ou um olhar mais detalhado. 

Para combater a incerteza tanto quanto possível, precisa das duas visões:

Visão a partir do topo

  • Veja instantaneamente o rendimento e as despesas.
  • Identifique as tendências.
  • Sinalize as anomalias (como os devedores em incumprimento ou os pagamentos em falta).
  • Destaque os principais clientes.
  • Compreenda quanto deve pelo IVA no período corrente.

Visão detalhada

  • Veja as transações individuais que contribuem para o conhecimento resultante da visão a partir do topo.
  • Crie, personalize e organize relatórios financeiros.
  • Desenvolva tipos de análise para a elaboração de relatórios.
  • Faça ajustes específicos às previsões.
  • Compare o desempenho entre os períodos anteriores e o corrente.

A perspetiva que é possível ter a partir do topo, como a relativa aos totais de vendas e de aquisições, às tendências e às anomalias, ajudam-no a manter-se ágil em momentos em que é necessário tomar decisões rápidas, mas também informadas.

Isto acontece mais em momentos de incerteza, sobretudo na sequência de um problema como um atraso na cadeia de fornecimento ou um pico inflacionário.

Mas também há momentos em que precisa de conhecer mais profunda e especificamente a sua posição financeira.

Se está a tentar tomar uma decisão importante com impactos a longo prazo, precisa de dados para decidir qual será a melhor direção a tomar.

Quer se trate de perceber se tem a disponibilidade financeira para um determinado investimento ou de analisar que áreas da despesa poderiam ser reduzidas, ter os dados disponíveis de uma forma fácil de assimilar irá ajudá-lo a tomar decisões com confiança.

Com estas duas perspetivas do seu lado terá começado a construir uma base de conhecimento sólida para se poder manter ancorado quando as águas se tornarem agitadas e que o ajudará a lidar com qualquer mudança súbita do mercado.

É possível fazer previsões em tempos de incerteza?

Em períodos mais consistentes, este conhecimento relativo ao fluxo de caixa é bom para fazer previsões e também pode servir esse propósito em momentos de incerteza.

Lembre-se, a precisão pode não ser perfeita se estiver a basear as projeções em períodos históricos que são significativamente diferentes daquele que atravessa atualmente.Se estiver num período de recessão, tente examinar o último que enfrentou em vez de comparar o momento atual com o período da pandemia.

5 dicas para criar uma base de conhecimento

A preparação é essencial para a capacidade de resposta quando as coisas mudam de repente. Terá de conseguir responder rapidamente, por isso é melhor continuar a aprender e depender menos da intuição na altura de tomar grandes decisões.

Apresentamos de seguida cinco dicas que o ajudarão a estar tão pronto quanto possível:

1. Verifique as finanças regularmente

É provável que já o faça, mas este exercício é ainda mais importante durante tempos de incerteza.

Monitorize de perto a saúde financeira do seu negócio a intervalos regulares, para quando tiver de tomar uma decisão saber que ações são comercialmente viáveis.

2. Faça correções rapidamente

Se detetar quaisquer anomalias financeiras, aja rapidamente para as corrigir.

Em tempos de incerteza, aquilo que pode normalmente ser um desafio de gestão simples (como um pico de faturas de venda por saldar) pode rapidamente acumular-se sobre outros quando algo inesperado acontece (como um aumento rápido dos custos energéticos, por exemplo).

Resolva os problemas num momento inicial para prevenir que estas situações aconteçam.

3. Preste atenção aos padrões e às tendências

Pode aprender muito sobre as atividades nucleares do seu negócio quando analisa o impacto financeiro destas ao longo do tempo.

Em tempos de turbulência, considere se o mês corrente está a decorrer como seria de esperar ou se as coisas estão a adotar outro tipo de trajetória.

Isto ajudá-lo-á a planear em torno dos desafios à medida que estes surgem.

4. Mantenha-se a par do que se passa no mundo

Ainda que esteja sobretudo concentrado sobre o que passa com as suas finanças, deve manter-se a par do que se passa no mundo. Continue a usar os canais de que se serve normalmente para aceder aos desenvolvimentos mais recentes da sua indústria e do seu mercado.

Desta forma não perderá nada importante que possa ter um impacto mais tarde.

5. Prepare-se para sucessos e para retrocessos

Se tomar uma decisão e as coisas não correrem como planeado, não seja demasiado duro consigo mesmo. É inevitável atravessar momentos de sucesso e de retrocesso quando há tantos fatores imprevisíveis fora do seu controlo.

Mantenha uma atitude positiva, aprenda com as situações e continue a fazer escolhas com base no conhecimento de que dispõe sempre que possível.

Últimas considerações

Quando gere o seu próprio negócio é inevitável ter de lidar com alguma incerteza em matéria de dinheiro. Mas o facto é que ser um empreendedor significa que já teve de lidar com isto.

Os últimos anos lançaram muitos desafios aos empresários e ainda que pareça que já não existem tempos normais, ter a atitude certa pode fazer toda a diferença.

Concentre-se menos nas forças invisíveis sobre as quais nada pode fazer e esteja mais vigilante no que diz respeito à dimensão financeira do seu negócio.

Isto reduz a incerteza e, no mínimo, deixa-o tão pronto quanto é possível estar.

Com uma base sólida, construída sobre números, será capaz de se adaptar ao imprevisto e de olhar para trás, para um período de incerteza, como um momento que ajudou a moldar a sua empresa.