Inscreva-se

Inscreva-se

Como é que o Contabilista Certificado se pode preparar para a entrega da IES?

Back to search results

Logotipo do Sage Advice
Sage AdviceConhecimento para Empresas de Sucesso
Receba a Newsletter Sage AdviceSubscrever
Mulheres de negócios em reunião

Rever a estrutura do plano de contas
A criação de subcontas deve atender às regras previstas no SNC, mantendo-se sempre a estrutura e natureza das contas agregadoras. A necessidade de atribuição de taxonomias para determinadas naturezas de operações implica, excecionalmente, a criação de subcontas, pela necessidade de atingir o maior número de preenchimento automático nos anexos da IES.

Prepara o Plano de Contas com as Taxonomias
A imputação às taxonomias às contas da contabilidade é fundamental para que as Demonstrações Financeiras sejam preparadas e apresentadas com uma imagem verdadeira e apropriada da posição financeira e desempenho da atividade da empresa.

Garantir a ordenação da movimentação das contas e estrutura do Plano
As contas agregadoras não podem ter registos contabilísticos. Quando exista uma determinada conta com registos contabilísticos, mas haja a necessidade de criar subcontas para essa conta, esses movimentos devem ser transferidos da conta, agora agregadora, para a respetiva subconta, que passa a ser a conta de movimento.

Assegurar um correto registo contabilístico do encerramento de contas
O encerramento das contas de 2019 obrigará a um conjunto de cuidados acrescidos. Sem cumprimento destas regras, a submissão e validação do ficheiro SAF-T da contabilidade para a AT não vai ser possível.

Verificação das contas de balanço
Existem contas de balanço que, devido à sua natureza, não poderão apresentar, no final do período, antes e após apuramento de resultados, saldos devedores ou credores. Incorreções em saldos das contas de balanço irão também determinar a rejeição na submissão do ficheiro SAF-T da Contabilidade para a AT.