Inscreva-se

Inscreva-se

A importância da inteligência artificial na sociedade atual

Back to search results

Logotipo do Sage Advice
Sage AdviceConhecimento para Empresas de Sucesso
Receba a Newsletter Sage AdviceSubscrever
Homem a utilizar tablet

É hora de olharmos para o impacto que as tecnologias de inteligência artificial (AI) introduziram no panorama empresarial. Começaremos por olhar especificamente para essas tecnologias, para depois percebermos porque é que há cada vez mais empresas entusiasmadas com a sua chegada.

Já por várias vezes abordámos as transformações que a era digital trouxe à forma de fazer negócios. Mas a evolução digital não vai ficar por aqui. Em poucos anos, a inteligência artificial impôs-se como um recurso cada vez mais essencial em diversos âmbitos, estando ao dispor de cada vez mais empresários e trabalhadores, mas principalmente da sociedade em geral. Uma espécie de “futuro agora”, com implicações positivas no âmbito empresarial, médico ou urbano.

Não precisa de procurar muito para encontrar IA acessível no dia a dia. O assistente de voz do seu smartphone, a deteção facial usada para desbloquear esse mesmo equipamento, ou até os bots que muitas empresas usam para prestar assistência ao cliente online são exemplos de como a IA começa lentamente a entrar no seu quotidiano.

Usos da Inteligência Artificial nos negócios

Na área das finanças, educação, comércio, saúde, logística ou transportes públicos, as aplicações da inteligência artificial são incontáveis.

Se até há pouco tempo só as grandes empresas tinham acesso a esta ferramenta, hoje em dia o cenário está a mudar. Já não é só a Amazon que recorre à robótica para fazer a gestão dos seus processos internos. De acordo com um estudo da Accenture, há cada vez mais PME a embarcar neste processo de transformação digital. Este mesmo estudo revela ainda que as empresas que invistam em IA poderão aumentar os seus rendimentos em até 38% em poucos anos.

Mas vamos a exemplos concretos. A inteligência artificial pode ser uma importante aliada na análise de grandes quantidades de dados – como a gestão do inventário da empresa, por exemplo. Outra das grandes valências desta tecnologia é o acesso à informação em tempo real. Imagine poder saber, em poucos segundos, quais são os produtos mais vendidos, os que são mais ou menos procurados, ou até detetar mudanças nos padrões de consumo.

Já falámos também dos assistentes virtuais e das suas potencialidades. Veja-se o cada vez maior número de empresas e negócios que apostam neste tipo de serviço – recorrendo a bots virtuais – tendo em vista uma melhor interação online com o cliente.

Outra das grandes inovações permitidas pela aplicação de IA foi o desenvolvimento de software de faturação e gestão cada vez mais eficaz. Usando mecânicas de análise de big data e machine learning, estes softwares são capazes de melhorar e evoluir em função das interações com os utilizadores.

Tecnologias de vanguarda em todos os setores

Num estudo publicado em 2017, a consultora norte-americana Gartner  previa que, em 2020, cerca de 85% das interações com os clientes serão geridas por inteligência artificial. A liderar esta mudança estarão duas superpotências: Estados Unidos e China.

Mas talvez tenhamos que esperar mais alguns anos para ver estas mudanças aplicadas de forma global. Afinal, áreas sensíveis como a saúde, a restauração, a engenharia ou o urbanismo ainda carecem de uma implementação 100% eficaz de sistemas de inteligência artificial.

Seja como for, parece seguro afirmar que a inteligência artificial vai permitir que as sociedades evoluam em direção a uma gestão mais eficiente, ao mesmo tempo que poderá permitir encontrar soluções que antes seriam inalcançáveis sem este tipo de tecnologia.