Inscreva-se

Inscreva-se

10 ideias financeiras inovadoras para o seu negócio

Back to search results

As ideias financeiras inovadoras das fintech estão a revolucionar as finanças das empresas, uma vez que cada vez mais empresas podem beneficiar delas.

  • Explicamos o que são inovações financeiras.
  • Conheça 10 ideias financeiras inovadoras para o seu negócio

O sector financeiro encontra-se numa reconversão que não parece ter fim, mas enquanto a banca tradicional perde peso com o encerramento de agências, cada vez mais são as fintech que encontram um vazio no mercado.

A revolução digital está a mudar tudo, de modo que as empresas estão cada vez mais digitalizadas e abertas a novas soluções financeiras para os seus negócios, que os ajudem a gerir as suas finanças.

 

O que são ideias financeiras inovadoras?

Uma ideia financeira inovadora consiste em criar ou modificar um produto financeiro e introduzi-lo no mercado. Estas modificações podem ocorrer de diferentes formas:

  • Alterações nos processos. Refere-se a novas técnicas de gestão de riscos e de controlo de ativos.
  • Abertura de novos mercados organizados ou alterações nos que já estão operacionais. Por exemplo, o novo mercado das criptomoedas, no qual se destaca o bitcoin.
  • Alterações nos produtos ou instrumentos financeiros.
  • Alterações na forma de oferecer serviços financeiros.

As inovações financeiras alargam os mercados, uma vez que satisfazem novas necessidades dos clientes.

 

10 ideias financeiras inovadoras para o seu negócio

Estas são as 10 ideias financeiras inovadoras que podem revolucionar a gestão financeira da sua empresa.

  1. Integração da gestão bancária no software de gestão

Graças ao open banking, os bancos estão a ativar APIs abertas a terceiros. Estas aplicações facilitam a criação de programas ou a adaptação de aplicações de software por developers de software externos, graças às informações fornecidas pelas APIs.

As APIs abertas permitem que as aplicações contabilísticas possam integrar mais facilmente os movimentos bancários nos seus programas.

Uma API (Application Programming Interfaces) é um conjunto de protocolos, comandos, funções e ferramentas usados pelos desenvolvedores para facilitar a comunicação de diferentes aplicações de software.

  1. Acesso aos dados de todos os produtos financeiros da empresa a partir da mesma plataforma

As principais instituições financeiras do nosso país já estão a permitir que a partir da sua página web se possam consultar as posições que os utilizadores têm noutras instituições financeiras. Este serviço também é oferecido por algumas fintech.

  1. Novos serviços de pagamento

Os serviços de iniciação do pagamento visam dar ao beneficiário de uma operação a garantia de que o pagamento foi iniciado. Esta garantia incentiva os comércios e prestadores de serviços a entregarem o bem ou a prestarem o serviço sem demora a partir do momento em que é dada a ordem de pagamento.

Em suma, é mais uma ferramenta para conseguir fluidez nos processos de comercialização.

  1. Novas fórmulas para o capital de risco

Esta forma de injetar capital nas empresas diferencia-se de outros business angles, em que além de investir numa startup, acompanham-na com especialistas em empreendedorismo, que ajudam o empreendedor com um programa de acompanhamento personalizado.

  1. Financie-se com o crowdfunding ou micromecenato

O micromecenato é um mecanismo colaborativo de financiamento de projetos desenvolvido com base nas novas tecnologias.

Prescinde-se da tradicional intermediação financeira e coloca-se em contacto os promotores de projetos que procuram fundos com investidores que procuram obter um retorno ao seu investimento.

As novas tecnologias facilitam a união de muitos investidores para que possam investir em projetos de elevado potencial.

  1. Utilize novas técnicas ou instrumentos de análise de risco

A revolução digital torna cada vez mais fácil obter informações fiáveis sobre os riscos de incumprimento, pelo que convém apoiar-se em empresas especializadas na gestão dos incumprimentos.

A prevenção de incumprimentos ajudará as finanças do seu negócio.

  1. Porta-moedas eletrónicos

Os porta-moedas eletrónicos são uma forma alternativa para efetuar cobranças e pagamentos de forma ágil e segura, que são normalmente utilizados para gerir transações de pequeno montante, mas frequentes e que podem ser utilizadas a partir de um telemóvel com ligação à Internet.

Os porta-moedas eletrónicos estão normalmente isentos de taxas de transferência entre os próprios porta-moedas, a fim de promover a sua utilização. No entanto, normalmente cobram comissões por transferências para uma conta bancária.

Entre os porta-moedas eletrónicos está o Paypal, que é um dos mais conhecidos porta-moedas eletrónicos. Este método está a ser utilizado principalmente como um método alternativo ao pagamento com cartão de crédito. No caso do Paypal, quem paga a comissão é o destinatário do dinheiro.

  1. Utilização de plataformas financeiras online para operar com criptomoedas

As criptomoedas são meios digitais de intercâmbio que tornam possível a chamada internet do valor. Uma vez que as aplicações que facilitam o intercâmbio facilitam a troca de valores sob a forma de criptomoedas.

As criptomoedas utilizam encriptação forte para garantir a segurança das transações, controlar a criação de unidades adicionais e verificar a transferência de ativos.

O controlo das criptomoedas é efectuado através de uma base de dados descentralizada, ou cadeia de blocos (blockchain). Serve como base de dados para transacções financeiras públicas.

As principais vantagens da utilização das criptomoedas são:

  • Redução do custo da transação através da eliminação de intermediários.
  • Não é necessária a intermediação de agentes financeiros.
  • O pagamento em criptomoeda é feito imediatamente sem demora.
  1. Utilização de plataformas de “trading” para investir

O “trading” consiste na compra e venda de ativos cotados com muita liquidez de mercado, tais como ações, divisas e futuros, com o objetivo de especular no mercado para obter benefícios económicos derivados das mais-valias que possam ser geradas nesse mercado.

Este tipo de operação está cada vez mais na moda, com o início do crescimento das plataformas de “trading. Plataformas cada vez mais intuitivas e simples para os traders menos experientes.

  1. Aceita novas formas de pagamento

Bizum e Google Pay são duas formas de pagamento, surgidas no início da revolução que está a sofrer o sector dos meios de pagamento e da generalizada digitalização dos cidadãos. Aceitar estas formas de pagamento no seu negócio facilitará a realização dos pagamentos por parte dos seus cliente e permitir-lhe-á aumentar a faturação do seu negócio.

A utilização das inovações financeiras será muito benéfica para o seu negócio, pelo que é conveniente estar aberto à sua implantação para melhorar a posição competitiva da sua empresa.

Receba a newsletter Sage Advice

Inscreva-se para receber o boletim do Sage Advice e receba os conselhos mais recentes diretamente no seu e-mail.