Inscreva-se

Inscreva-se

Forum Económico Mundial 2021 – Transformação digital: potenciar a grande mudança

Back to search results

Daqui a alguns anos é possível que já ninguém fale de “transformação digital”, porque o termo ter-se-á tornado irrelevante: empresas que não se transformem digitalmente podem simplesmente deixar de existir. Para evitar tornar-se um desses negócios, as organizações devem abraçar a transformação digital agora.

No entanto, ser digital apenas na direção das empresas, por si só, não é suficiente.

O sucesso de uma empresa também dependerá da sua capacidade de criar valor social e económico e demonstrar liderança orientada por objetivos. No digital a tecnologia oferece este potencial: novas maneiras de criar um novo valor para todas as partes interessadas, ao fazer negócios com modelos mais inclusivos, sustentáveis ​​e confiáveis.

Para realizar esse potencial, as empresas devem mudar a sua gestão. Devem orientar-se para a criação de modelos de colaboração aberta, combinar metas, em termos de valor e propósito, e investir em cultura e em novas capacidades de liderança. Estas devem adquirir novos comportamentos e capacidades para interagir, executar e entregar aos seus clientes um novo valor.

O resultado será uma empresa digital inteligente: resiliente, distribuída e adaptável a mudanças disruptivas.

Na esteira da COVID-19, os gestores e líderes empresariais têm agora uma oportunidade – e uma necessidade urgente – de conscientemente moldar um novo “normal de negócios” que entrega valor inclusivo e sustentável para todas as partes interessadas.

Nos próximos anos, esta comunidade de líderes deverá continuar a aprender e a impulsionar a colaboração nessas prioridades compartilhadas.

1. Três oportunidades para a mudança empresarial

As empresas devem aproveitar a oportunidade de gerar lucro e investir na transformação digital. Os empresários podem usar essa transformação digital para criar valor através de três caminhos inter-relacionados:

  • Transformar o negócio: Reorientar os investimentos para o digital e iniciativas de transformação que gerem valor sustentado a longo prazo para a empresa.
  • Capacitar as partes interessadas: Usar a tecnologia para responder às necessidades e prioridades de um conjunto mais amplo de partes interessadas, incluindo funcionários, consumidores, parceiros, governos e sociedade.
  • Mudar sistemas: Criar novas colaborações e modelos de criação de valor em ecossistemas para enfrentar os desafios globais através de novos mercados e possibilitar mudanças sistémicas.

2. As 7 dimensões da transformação digital

Dimensão do negócio De… Para …
Novo valor Uma cadeia de valor linear, valor para o acionista. Um mapa de valor dinâmico, valor para as partes interessadas.
Modelo de negócio digital Canais digitais para produtos.

 

Serviços ou resultados baseados em dados com recurso a plataformas digitais.
Modelos operacionais Hierárquico, isolado. Ágil, local, aprimorado por Inteligência Artificial, baseado em plataformas.
Modelos de negócio Globalizado e de baixo custo. Localizado, resiliente, eficiente, ético.
Decisões em tempo real Tomada de decisão, com base em dados históricos.

 

Preditivo, inteligente, em tempo real.
Decisões de investimento baseadas em dados Novos recursos de tecnologia e objetivos de crescimento.

 

Reduzindo o risco / rendimento, encontrando novos rendimentos.
Aumentar o talento Fechando lacunas de habilidades conhecidas.

 

Uma flexibilidade digital, interacção entre recursos humanos, máquinas inteligentes e força de trabalho.

3. Os princípios orientadores para a transformação digital

Nenhum caminho pode garantir o sucesso, mas existem 11 princípios, vulgarmente aplicados por organizações líderes, que podem ajudar a maioria das empresas a ter sucesso nas sete dimensões da transformação digital.

  1. Seja claro nos objetivos. Exerça uma liderança bem definida para equilibrar compensações difíceis entre as vantagens das partes interessadas.
  2. Incorpore o digital em todas as funções. Faça o digital integrar a estratégia da empresa. As formas de trabalhar devem basear-se em equipas multifuncionais.
  3. Combine a inovação e a eficiência. Considere a tecnologia como um recurso e uma medida de corte de gastos e bem como um investimento a longo prazo em novos valores.
  4. Integre valor e propósito. Incuta propósito na estratégia de negócios para ajudar a criar novos mercados e propostas de valor.
  5. Avance com roteiros ágeis e iterativos. Mantenha a flexibilidade durante a transformação digital. Defina grandes evoluções e projetos para atingir o seu principal objetivo e ações táticas de curto prazo.
  6. Combine estratégia de curto e longo prazo. Execute o cenário de planeamento a longo prazo, e considera mudanças em diferentes perspetivas.
  7. Construa uma cultura empreendedora. Crie uma força de trabalho que está disposta a inovar e falhar rápido se necessário, apoiada por espaços ágeis e incubadoras de inovação disruptiva.
  8. Invista nos recursos humanos. Aumente e atualize continuamente as capacidades digitais da direção da empresa e das equipas executivas.
  9. Invista em tecnologia a longo prazo. Equilibre as pressões de curto prazo com o valor futuro a ser obtido por meio de investimentos, guiados pela sua visão e focados em resultados de negócios.
  10. Esteja determinado com a adoção de tecnologia. Desenvolva visões compartilhadas, estruturas coordenadas e determinação institucional para superar as divisões departamentais rígidas e a resistência à mudança.
  11. Avalie o sucesso. As capacidades digitais adquiridas e as melhorias na experiência do cliente devem ser utilizadas para medir o sucesso da transformação digital.

Receba a newsletter Sage Advice

Inscreva-se para receber o boletim do Sage Advice e receba os conselhos mais recentes diretamente no seu e-mail.